quarta-feira, 15 de maio de 2013

Marcha do Orgulho LGBT do Porto: contamos com tod@s para que cada vez mais contem connosco

A Marcha do Orgulho LGBT no Porto nasceu muito pelo bárbaro assassinato de uma transexual.

Gisberta Salce Júnior foi a inspiração, catalisadora, para realizar em 2006 a primeira Marcha do Orgulho LGBT no Porto. Uma realização que foi o concretizar de uma vontade sentida algum tempo, a vontade de dar à capital do norte uma marcha que embora se monitorize pela sigla LGBT engloba na sua organização e ação, vertentes diversas como a terceira idade, as mulheres, etnias e culturas.

Desde o inicio que trouxe a si partidos políticos que se revêem na sua luta por melhores condições sociais e no trato de respeito devido das e do cidadãos.

A Marcha do Orgulho LGBT no Porto conta por isso com a história de luta por convergências e consensos onde todas e todos são bem-vindos quando objectivam o bem comum.

Dia 6 de Julho 2013 é a data da MOP marcada de forma atempada para que tod@s possam organizar-se e estarem presentes nesta manifestação que nesta edição focará a austeridade que muitas e muitos de nós vivemos e sentimos, se não directamente, indirectamente, porque somos filhas e filhos de alguém, alguns de nós somos mães e pais de alguém, porque somos desempregados ou trabalhadores numa qualquer área profissional, e por tudo isso sentimos esta austeridade de forma desmedida.

Esse sentimento tem-nos levado a outras marchas como a do dia 2 de Março; 25 de Abril ou no  1º Maio, e por isso esperamos por todas e todos no dia 6 de Julho nas ruas do Porto, sobe o lema:

“Dão-nos luta ao corpo, nós damos o corpo à luta”

E antes do dia seis de Julho estaremos ao lado dos nossos amigos, da organização da Marcha do Orgulho LGBT de Lisboa, para com eles Marcharmos lado a lado por uma causa que é comum, e da responsabilidade de tod@s.

Contamos com tod@s para que cada vez mais contem connosco.

Comissão Organizadora da Marcha do Orgulho do Porto 

Sem comentários:

Enviar um comentário